Como sujar a imagem de uma marca com um batom | Designers Brasileiros
Branding

Como sujar a imagem de uma marca com um batom

Imaginou alguém passando batom no logo da Coca-Cola? Pepsi? Mc Donald’s?

Não, este ‘sujar a imagem’ se refere ao sentido de acabar, detonar com uma marca por causa de um BATOM! Quem realizou esta proeza foi uma marca conhecida pelas mulheres, a marca de batons e maquiagens ‘quem disse, berenice?’. Vamos começar do começo:

A fã da marca, Nelzina Alves, ganhou um BATOM em uma promoção realizada na fanpage da marca, que, por ser cadeirante, pediu á marca que sua sobrinha fosse retirar o produto, com os documentos da mesma em mãos, para comprovar o parentesco.

A marca respondeu que a sobrinha não conseguiria retirar o produto, pois, segundo a marca, deveria ser retirada pela própria ganhadora, que é cadeirante e não tem carro.

Nelzina relatou na fanpage da marca que ficou muito chateada com o acontecimento, e foi aí que veio o começo do fim de uma marca. A empresa prontamente respondeu (errando o nome da fã) que, de fato, o produto só poderia ser retirado pela ganhadora pois, “não podemos dar esse direito para algumas e outras não, não seria justo”.

quem disse berenice

Resposta essa que levou uma multidão de pessoas à comentar no post da marca, e não foram comentários agradáveis, foi uma verdadeira tempestade de comentários detonando a ‘quem disse, berenice?’.

“injusto com as outras pessoas”, cara vcs não tem noção mesmo. – comentou Beatriz

Troféu king kong – comentou Ingrid

que fiasco esse social media hein…. rombo na marca, todo o investimento da campanha no lixo por causa de um mísero produto. – comentou Helena

Se fosse você no lugar de Nelzina, o que faria?

RÉPLICA [ DIREITO DE RESPOSTA – QUEM DISSE, BERENICE]

A marca quem disse, berenice? vem a este espaço esclarecer aos leitores, exercendo o seu direito de resposta, o caso da reportagem intitulada “como sujar a imagem de uma marca com batom”, publicada neste 8 de setembro.

É importante esclarecer que a promoção “É pra mim”, iniciada no último fim de semana nas redes sociais da marca, teve o objetivo de encorajar as mulheres a experimentarem novos produtos – concedendo-os como brindes. Por isso, a quem disse, berenice? tem total interesse de que todas as pessoas com posse de um cupom da promoção possam retirar seus produtos na loja.

E, para evitar qualquer mal entendido ou fraude, pedimos que as participantes compareçam munidas do cupom impresso, documento com foto e CPF, conforme consta no Regulamento da promoção.

Por ser uma marca que nunca se eximiu da atenção às consumidoras, o ocorrido com Nelzina Alves foi resolvido antes mesmo da abertura das trocas, pois as trocas só serão iniciadas na próxima sexta-feira (11). Entramos em contato via telefone para alinhar a melhor forma de ela receber o brinde direito em sua casa.

É importante ressaltar que quando a matéria foi ao ar no site Designers Brasileiros a situação já estava resolvida com a consumidora.
Estranhamos o fato de a marca não ter sido procurada pela reportagem, do contrário, já seriam informados de que o caso foi solucionado prontamente.

quem disse, berenice se preocupa e respeita muito seus consumidores e buscou a melhor solução para o ocorrido.

CONTRARRÉPLICA [ DESIGNERS BRASILEIROS]

Como conversado por contato telefônico, iriamos entrar em contato com a assessoria da marca assim que houvesse tempo (nós trabalhamos). Sobre o fato de ter sido ou não resolvido antes da publicação da matéria, não é o foco do artigo, que aborda o erro da empresa através do social media.

Independente se foi resolvido ou não, a marca se sujou com o ocorrido, como dito pelos próprios fãs na página da marca. Pois antes de resolver, o erro (grave) foi cometido.

Sobre o autor

Dalmir

Dalmir

Dalmir Junior é fundador do Designers Brasileiros e Coordenador de Criação na Prefeitura de Franco da Rocha.

Comentários no Facebook