5 dicas de design para aumentar as conversões no seu site. | Designers Brasileiros
Design Dicas Otimização de Sites

5 dicas de design para aumentar as conversões no seu site.

Você pretende criar um site ou criar um blog, ou talvez, até já esteja com o seu publicado e cheio de atualizações e quer saber como melhorar sua performance. Bem, sua maior meta é o tráfego e todos sabemos como é difícil atrair e reter usuários em nossos domínios. O maior trabalho em um site ou blog após seus lançamento e a descoberta de seu nicho é a retenção do usuário. O usuário após a primeira visita pode gostar de você e de seu conteúdo mas como garantir que ele voltará sem grandes investimentos, afinal, é sempre melhor e mais barato manter um consumidor do que atrair um novo. Aqui não há muito segredo, são testes, dicas e estratégias que vão desde a experiência e interface com o usuário até velocidade do site e claro o conteúdo. Neste artigo vamos te dar 5 dicas já bastante testadas de como melhorar suas conversões e retenção no seu site / blog.

1. Coloque o cadastro da newsletter, no final de cada artigo

Se você não está recolhendo  endereços de e-mail através do seu site, você deveria. Sua newsletter é a coisa mais importante para manter seus visitantes mais leais a e fazê-los voltar a seu site.

A maioria dos proprietários de sites colocam um texto explicativo para sua newsletter no topo da barra lateral, o que é uma boa idéia – é onde a maioria dos visitantes vai esperar que ele esteja. Mas há um lugar ainda mais importante para o seu boletim de chamada para fazer uma aparição: no final de seus
posts. Aqui está o porquê: O visitante que ficar por tempo suficiente para ler todo seu artigo é muito mais propenso a entrar na sua lista de se inscrever em sua newsletter, e ouvir mais de você.

Você também pode implementar uma caixa de inscrição da newsletter que desliza para cima a partir da parte inferior da tela, uma vez que o usuário tenha rolado para baixo perto do final do artigo. Esse tipo de animação chama muito a atenção, o que pode ajudar a aumentar as conversões. No entanto, esteja ciente de que alguns visitantes podem achar que é excessivamente intrusivo à sua experiência de leitura.

O HitTail tem uma caixa de slide-up para inscrição, ela alimentada uma nova ferramenta de e-mail marketing chamado de Drip.

2. Inclua “Calls to action” de alto contraste.

É importante incluir elementos de alto contraste que se destacam em sua página. Essas características de design elevam suas posições na hierarquia visual da página, tornando-se uma das primeiras coisas que o visitante vê quando seus olhos fazem a varredura da tela.

Se a cor de fundo do seu site é branco, tente usar um fundo escuro para a sua caixa de inscrição da newsletter. Para fazer ele realmente se destacar tenha certeza que este é o único elemento da cor escolhida nesta rolagem do browser!

Não exagere. Um contraste simples, como a cor será o suficiente para chamar muita atenção para o call. Não precisa aumentar o tamanho da fonte, adicionar círculos ou flechas, ou então fazê-lo piscar – Fazendo isso, você vai estar competindo com outros elementos na página, prejudicando a experiência do usuário enquanto lê.

O blog do Buffer usa contrastes de cor para chamar a atenção para sua caixa de inscrição da newsletter.

 3. Considere a relevância dos elementos para a navegação

Há dois erros muito comuns quando falamos da navegação.
O Primeiro, blogs de empresas costumam compartilhar o mesmo conteúdo do site.

Links para produtos, preços, informações sobre a empresa e cotação de pedidos são para incluir na página inicial da empresa ou ao se visualizar informações sobre produtos, mas não são relevantes para visitantes que estão lendo o blog. O objetivo da navegação de um blog deve ser claro –  incentivar
ainda mais a exploração de seus outros artigos. Lembre-se, a maioria de seus visitantes do blog chegou através de uma pesquisa no Google ou mídias sociais. Eles vieram para o seu conteúdo pois este despertou o interesse deles, cumpra a primeira boa impressão e eles terão prazer em descobrir seus produtos depois.

Em segundo lugar, muitos links de navegação competindo pela atenção do leitor. Mantenha o blog simples, com apenas alguns links importantes para ajudar o leitor a descobrir o melhor conteúdo em seu blog. A lista de “posts populares” na barra lateral é uma boa idéia, especialmente se ele tem curadoria para direcionar o tráfego para os seus artigos que mais convertem. Você não precisa incluir aqui a nuvem de tags, links de arquivos, links do autor e por aí vai, seja objetivo.

Claro, você vai querer ter um texto explicativo para chamar a atenção para a sua empresa ou produto, mas não deve ser o que mais chama a atenção do seu leitor.

4. Inclua imagens grandes

Tão importante quanto os seus textos e os temas para o seu blog, o primeiro estímulo de seus leitores é visual, somos humanos, e se o visual não atrair, eles nem começarão a ler . É por isso que é tão importante para incorporar imagens de alta resolução em seus posts.

Você pode encontrar imagens de uso livres pesquisando no Flickr Commons. O Compfight é uma ferramenta popular para a busca no Flickr, e outro recurso  livre é o Wikimedia Commons.

Você também pode encontrar fotos de alta qualidade, gastando um pouco de dinheiro. Sites como 500px e Photodune são bastante acessíveis, para qualquer um.

Não limite o seu blog apenas a fotos. Adicionar ilustrações personalizadas, diagramas, tabelas, infográficos e wireframes para realmente conduzir a pontos importantes de seu texto. É fácil criar tabelas e gráficos usando o PowerPoint ou o Keynote. O Programa de Wireframing Balsamiq é uma ferramenta que ajuda você a traçar um diagrama para ilustrar seu ponto.

O “Best Apps”  criado dentro do Ucoz, plataforma de criação de websites grátis é 100% visual e traz apenas 2 ou 3 linhas de texto seguidos de grandes “print screens” dos aplicativos  apresentados, seduzindo o leitor pela apresentação do produto final.

5. Incluir botões estratégicos de compartilhamento social

A meta de conversão para o seu blog não é apenas para converter visitantes em assinantes, ou assinantes em clientes. Você também quer que seus visitantes compartilhem e espalhem o seu conteúdo nas mídias sociais.

Quando as pessoas compartilham seu conteúdo, eles sentem um senso de responsabilidade para com os seus seguidores, o que eles estão recomendando deve valer o tempo dos seus seguidores. É por isso que entregar artigos valiosos é tão importante.

Existem algumas maneiras de fazer o compartilhamento social mais fácil para o seu público. Uma técnica muito popular é a de adicionar botões de compartilhamento social que permanecem fixos ou “flutuam” ao lado de seu artigo, enquanto o leitor rola para baixo.

A chave para fazer esses botões sociais flutuantes realmente ter um impacto é selecionar cuidadosamente quais as redes sociais para incluir. Isso se resume a conhecer o seu público – você não quer sobrecarregá-lo com cada rede da web.

Escolha as três redes, onde você sabe que seu público é mais ativo, e adicione esses botões.

O site Score – All American Sports, sobre esportes norte americanos, também criado dentro da plataforma para criar sites grátis Ucoz, por ter a base de sua comunidade no Facebook o destaca em primeiro lugar na barra de Share, seguido pelo twitter muito usado por fãs de esportes e o Pinterest pela
grande quantidade de conteúdo visual.

Outra ferramenta útil é ClickToTweet, que permite criar link personalizado  de “Tweet This”. Você pode colocar este link em qualquer lugar dentro do conteúdo dos seus artigos. A maneira mais eficaz de utilizar esta ferramenta é colocar um “Tweet This”, após uma frase de impacto que é particularmente
perspicaz ou digna de se compartilhar.

Como tudo o mais, é importante que você não exagere. Adicionar não mais do que dois “Tweet This”por artigo, afim de evitar a diluição do seu conteúdo. Que técnicas de design que você usa para aumentar as conversões em seu blog? Compartilhe com a gente nos comentários:

Sobre o autor

Dalmir

Dalmir

Dalmir Junior é fundador do Designers Brasileiros e Coordenador de Criação na Prefeitura de Franco da Rocha.

Comentários no Facebook