Designer Empreendedor | Designers Brasileiros

O designer é contratado normalmente para resolver questões e projetos propostos pelos clientes. Um outro modelo são os projetos de livre iniciativa, nos quais o designer é o seu próprio cliente: inventa produtos ou desenvolve soluções para problemas que o preocupam e, só então,  oferece ao mercado. Ou seja, o termo empreendedorismo aplicado ao design não significa necessariamente administrar um grande escritório.


A alternativa empreendedora,  oferece ao designer não apenas novas e diversificadas oportunidades financeiras, como principalmente lhe traz a recompensa de ser o autor da obra completa, em vez de submeter projetos visuais a objetivos e conteúdos com os quais pode discordar.

Portanto, ter um espírito criativo e pesquisador é uma das qualidades fundamentais de um empreendedor, ele está constantemente buscando novos caminhos e novas soluções, sempre tendo em vista as necessidades das pessoas. A essência de um empreendedor de sucesso é a busca de novos negócios e oportunidades, além da preocupação com a melhoria do produto.

Entendo que o designers, mesmo sem produzir materiais próprios, são empreendedores sem perceber. Há muitas semelhanças entre um designer e um empreendedor.  São proativos, criativos, estão sempre atentos às tendências e necessitam de um planejamento para desenvolver os projetos. Além disso, tem a opção de ser autônomo, assumindo projetos como freelancer e/ou empresário.

Atualmente, um fator que oferece grande diferenciação ao consumidor quando ele busca algum produto é o seu design. Isso diz respeito não só ao próprio desenho de produtos mas também à identidade visual de uma empresa.

Então posso concluir que este é o momento global do design e do designer, empresas estão dispostas a pagar mais por uma ótima solução de design e é neste momento que o empreendedorismo faz a diferença. 
Dalmir
Author

Dalmir Junior é fundador do Designers Brasileiros e Coordenador de Criação na Prefeitura de Franco da Rocha.

Comentários no Facebook