Se destaque como designer com estas 10 dicas | Designers Brasileiros
Dicas

Se destaque como designer com estas 10 dicas

O designer Gilberto Prado, conhecido no facebook como GP UX Designer, nos enviou 10 dicas para se destacar como designer, não perca esta lista sensacional e seja destaque!

01 – Valorize o trabalho em equipe

Não seja um designer solitário, compartilhe com seus colegas a sua arte, peça opiniões. As vezes, os outros tem ótimas sacadas que podem ajudar muito.

Desapegar e não ter medo de crítica, saber criticar construtivamente também!

02 – Valorize o conteúdo

Tão importante quanto o design da sua peça é o conteúdo. Veja se as mensagens e textos estão claros. Discuta com o redator. Isso vale tanto para design gráfico quanto para design web.

https://www.behance.net/gallery/34373949/Caravela-Comunicacao-Novo-Site

https://www.behance.net/gallery/33406901/Lidarp-Liga-Desportiva

https://www.behance.net/gallery/26315949/Combinadoo-Um-novo-jeito-de-comprar-pela-web

03 – Pense antes de agir

Divida seu tempo entre a pesquisa e o fazer. Exemplo: se você tem 1(um) dia para fazer um layout, dedique a parte da manhã para alimentar seu cérebro com boas referências e fazer uma pesquisa aprofundada sobre o assunto.

04 – Pesquisa de referencias

Não vamos buscar referências para “copiar”, é nessa etapa que estamos aquecendo nosso lado criativo. Tenha sempre lápis e papel em mãos para criar rabiscos e anotações relevantes ao assunto.

Para facilitar ainda mais nossas vidas, o Behance criou uma área para salvarmos nossas inspirações, dividindo em coleções, veja:

https://www.behance.net/gilberto_ux/collections

05 – Rabisco

Você não precisa ser o melhor desenhista para esboçar uma ideia. Crie esse hábito, rabisque suas ideias sem medo. Mostre para sua equipe e antes mesmo de começar a botar a mão na massa, você ja vai ter um feedback que pode te ajudar muito.

https://mir-s3-cdn-cf.behance.net/project_modules/1400/0ed28629856379.56082f418e535.png

Resultado: https://www.behance.net/gallery/29856379/App-Hotis-Nacional-Inn

https://mir-s3-cdn-cf.behance.net/project_modules/disp/f6864317114219.562b5e841a348.jpg

https://www.behance.net/gallery/17114219/Start-se-

06 – Estude as ferramentas

Só ser bom em uma ferramenta não irá te definir como um bom designer, você precisa conhecer sobre grids, histórias da arte, composição de cores, contraste.. e por ai vai. Mas ser bom em uma ferramenta e ter uma bagagem conceitual te coloca em outro patamar do mundo do design. Então estude e pratique ao máximo as ferramentas oferecidas. É só praticando que ficamos bons. Vamos comparar com os atletas, alguns chegam a treinar 8, 10, 12h por dia até chegarem ao seu máximo, e quando chegam eles não param, continuam tentando melhor cada vez mais. Pratique sempre, você trabalhando você esta praticando, mas também tire um tempo para criar coisas novas, fora do seu ambiente de trabalho.

Exemplo:

https://www.behance.net/gallery/33497315/Photoshop-Manipulation

https://www.behance.net/gallery/36139291/Isometric-Photo-Manipulation

https://www.behance.net/gallery/35664345/BCGames-Corona

07 – Dedique-se em cada trabalho

Eu sempre falo isso para o pessoal que trabalha comigo. De o máximo que der em cada trabalho. Faça o seu melhor! É meio clichê, mas representa muito. Um trabalho bem feito pode trazer várias coisas boas. São essas peças que vão para o seu portfólio, elas que vão formar o seu currículo profissional. Claro que o tempo é um fator importante, então faça o melhor dentro do tempo que você tem para aquele projeto.

08 – Entregue sempre mais

Eu sempre tive esse hábito, e acredito ser um de meus diferenciais.. o que me ajudou a crescer na profissão. Não precisa ser nada muito complexo, mas alguma coisa que irá agregar valor ao projeto..

09 – Peça feedback

Isso vale para várias coisas.

Depois de terminar um layout, veja com os colegas do lado o que acham. Esse layout na maioria das vezes não é seu, então não se apegue. Lembre-se que você está fazendo para um cliente.

Quanto à empresa, peça feedback também. Algumas já dão naturalmente, mas na maioria você precisa correr atrás. Pergunte o que estão achando do seu trabalho, o que você pode fazer para crescer, por qual caminho seguir.

Isso me ajudou muito, fez com que eu não ficasse sempre na mesma.

10 – Nunca, nunca pare de aprender

Eu já estudei muito sobre design, desanimei por um tempo e fui para o front-end, depois vi um caminho onde eu poderia juntar os dois e comecei a aprender mais sobre UX Design. Ou seja, nunca parei de aprender. Hoje continuo nessa trajetória e almejo aprender ainda mais sobre tudo isso.

Temos que aprender coisas distintas também. Não só design, precisamos compreender como as coisas funcionam, para que eles foram criadas, para quem elas foram criadas.. a partir desse entendimento e estudo, conseguiremos criar coisas mais relevantes e interessantes para o público. Seja uma peça gráfica a uma peça web.

Confira o portfólio do Gilberto Prado no Behance!


Contribuição de:

Gilberto Prado

Atua como designer desde 2006, passando por gráficas, empresas de tecnologia, agências do estado de Minas e São Paulo. Trabalhou em projetos para Uol Educação, Citibank, Itaú e outras grandes empresas.


 

Comentários no Facebook