Notícias

Designers Gráficos têm menos de 10% de possibilidade de serem substituídos por robôs

Site revela qual a porcentagem da possibilidade de sua profissão ser substituída no futuro por robôs, com base no mercado do EUA

Sabemos que é questão de tempo para que robôs e a inteligência artificial assumam uma parcela significativa do mercado de trabalho. Se antes, nosso imaginário povoado por robôs superiores a humanos eram limitados à ficção científica, agora nos acostumamos a ler manchetes um tanto alarmantes a respeito do tema, entre elas a que revela que uma seguradora japonesa substituiu 34 de seus funcionários pelo sistema de computação cognitiva da IBM, o Watson.

A empresa de consultoria Forrester Research estima que em breve, 25% das posições em todas as indústrias serão transformadas pelo avanço dos robôs e que 22,7 milhões de cargos poderão ser substituídos pela automatização. É o tipo de estimativa que, convenhamos, leva você a refletir se os seus talentos serão assumidos por um concorrente robótico.

Porém, o site “Will robots take my job?” (robôs vão pegar o meu trabalho?), demonstra que o cargo de designer gráfico tem pouquíssimas possibilidades de ser substituído por robôs. A porcentagem é de apenas 8,2%,  tendo nível “totalmente seguro” de risco de automação.

Como nossa área envolve a criatividade, todos os cargos de designer tem baixa porcentagem de possibilidade de serem substituídos. Fique tranquil@!

Sobre o autor

Dalmir

Dalmir

Dalmir Junior é fundador do Designers Brasileiros e Coordenador de Criação na Prefeitura de Franco da Rocha.

Comentários no Facebook

Receba nossas atualizações!
Não perca nenhuma novidade do mundo do design! Receba nossas notificações ♥