10 dicas para criar um logo incrível | Designers Brasileiros

Decidir criar um logo é um dos processos mais importantes de qualquer negócio ou marca pessoal. Afinal, ela será a responsável por apresentar o seu propósito empresarial para o mundo, e por isso, precisa ser ideal às suas necessidades.

Com isso, ele precisa estar muito alinhado com os propósitos, objetivos e totalmente relacionado com à entrega do produto, serviço ou experiência que serão remetidas ao consumidor final.

E se você utilizar alguns processos criativos específicos para criar o logotipo do seu negócio, certamente conseguirá ter uma identidade visual estratégica.

Pensando nisso, separamos 10 dicas para você sobre criação de logos incríveis e profissionais.

1) Criar logo através de um briefing estratégico

O briefing é o primeiro passo para que você consiga criar um logo incrível e que atenda as expectativas do seu cliente.

Neste documento, além de você conseguir ter mais informações sobre quem é a empresa e o que o consumidor espera do resultado, você terá um escopo ideal para iniciar o trabalho da melhor forma.

Um briefing estratégico para a criação de logos pode conter perguntas como:

  • Cores estratégicas para o negócio
  • Principal objetivo
  • Posicionamento de marca
  • O que a empresa pretende passar ao mundo com a imagem a ser desenvolvida
  • E o que você achar relevante para desenvolver um bom trabalho

2) Busque referências

Uma das melhores maneiras de fazer um logotipo, é ir em busca de referências dentro do mercado de cada cliente, entendendo exatamente o que ele precisa. O briefing, por exemplo, pode te ajudar bastante a ganhar tempo com isso.

Porém, a sua experiência como designer precisa fazer a diferença nesta etapa. Afinal, seu cliente esperará uma representação da marca dele em formato de imagem, e a melhor forma de fazer isso, é mergulhar verdadeiramente em sua essência.

3) Tipografia estratégica

A tipografia é outra etapa que fará com que o seu trabalho ganhe vida e tenha um resultado excelente aos olhos do seu consumidor. Juntamente com as imagens, esse é um ponto crucial para quem vai criar um logo.

Muitas vezes, ele não tem uma referência clara do que precisa, mas você poderá apresentar exemplos para que ele te direcione da melhor maneira possível.

Através de uma letra bem estruturada, é possível passar sensações além da mensagem da empresa, mas emoções e criar uma conexão imediata com o público alvo.

Por isso, pense na escolha da letra do seu logo como algo único e que realmente faça a diferença no seu trabalho.

4) Guarde os rascunhos

Um dos maiores segredos para criar uma logo diferenciada, é acompanhar todo o processo de criação de perto. Desta forma, guardar todos os rascunhos daquele projeto é fundamental para conseguir chegar a um desenho diferenciado.

Muitas vezes, o cliente gosta de uma referência, ou uma simbologia utilizada em uma versão e não consegue passar exatamente o que falta.

Com a evolução do desenho em mãos, é muito mais fácil entender seus objetivos, passar profissionalismo e encontrar a inspiração ideal para seguir o projeto da melhor maneira possível.

5) Analise as tendências de mercado

Entendendo as necessidades do cliente, você poderá criar um logotipo tradicional, ou seguir tendências que estejam em alta naquele momento e que façam sentido para o negócio do seu cliente.

Isso fará com que o seu trabalho se torne atual, ganhe mais valor de mercado e consiga oferecer uma experiência ainda melhor aos olhos do seu cliente.

6) Entenda a psicologia das cores

Escolher as cores certas para chegar em um resultado agradável em seu logotipo fará toda a diferença no seu processo.

Utilizar as palhetas estratégicas, respeitando as regras das cores, é um dos princípios básicos de um bom designer.

Desta maneira, você poderá criar um logo que não seja simplesmente bonito, mas que faça sentido para o consumidor e principalmente, seja objetivo em sua imagem de vendas, transmitindo a imagem subliminar sobre o empreendimento em questão.

7) Utilize espaços negativos ao seu favor

Sabe aquele espaço que insiste em se manter presente durante a criação do logotipo, e parece que não conseguirá sair de maneira nenhuma? Talvez, essa seja a oportunidade perfeita de utilizá-lo ao seu favor.

Além de agregar mais elementos ao seu projeto, os “espaços negativos” podem ser aproveitados para passarem conceitos de autenticidade e criatividade.

Porém, é muito importante que você saiba utilizar essa metodologia de criação de maneira assertiva. Entender as prioridades e os objetivos do seu contratante, por exemplo, podem te dar um bom direcionamento.

8) Tenha autenticidade

O logo é o “cartão postal” de qualquer marca pessoal ou negócio. Desta forma, é obrigatório que você empregue autenticidade e valores implícitos do seu cliente no projeto. Caso esteja criando seu próprio logotipo, esse tópico se torna ainda mais vital.

Como falamos anteriormente, a busca por inspirações é essencial, mas jamais deve limitar seu processo criativo.

Acredite em seu potencial e construa a imagem de acordo com as expectativas do cliente, mas não se esqueça da sua experiência profissional.

Certamente, você conseguirá um resultado ainda melhor utilizando fontes e inspirações diferenciadas em cada um dos seus trabalhos.

9) Tenha uma segunda opinião

Caso não esteja totalmente seguro para criar o logo ideal, busque sempre a opinião de outros profissionais da área e do seu próprio cliente.

Mesmo sem se darem conta, eles conseguem nos direcionar e fazer com que insights surjam quando menos esperamos.

10) Entregue mais do que o esperado

Uma dica que pode fazer a diferença no crescimento da sua carreira como designer, está relacionada a poder oferecer uma experiência diferente e personalizada ao consumidor.

Caso seja possível, estude a possibilidade de entregar mais do que o contratado. Por exemplo, se você entregar duas versões do logotipo, com duas propostas diferentes, logo na primeira reunião, o impacto será positivo ou negativo?

Além de aumentar o valor percebido do seu trabalho, você afirmará para o cliente que ele certamente escolheu a pessoa certa para criar seu logo.

Dica extra: Tenha paciência

Trabalhar com designer de criação de logos exige cautela e paciência. Afinal, entregar o que o cliente espera na primeira apresentação, pode ser considerado praticamente impossível.

Por isso, não desista no primeiro ajuste. Esses pequenos detalhes podem garantir a fidelização do consumidor a longo prazo.

Agora, queremos saber de você. Quais dessas dicas vão ser mais importantes na hora de começar a produzir um logotipo? Faça seu login na plataforma abaixo, e deixe seu comentário!

Comentários no Facebook