Autor: Tiago Maricate

Tiago Maricate

34 e quase lá… Entusiasta dos games, tecnologia, teologia e design não necessariamente nessa ordem, passo a maior parte do tempo ou lendo, ou trabalhando ou estudando uma dessas coisas. No caso do design, trabalhando a mais de 10 anos na área, aprendi que o bom gosto visual se refina com o tempo e as habilidades e acertos são mais frutos de esforço e trabalho do que de dom.

Lembro que enquanto recém formado passei um bom tempo extasiado e empolgado com tudo. Considerava um mestre cada pessoa que fazia contato e trabalhava junto. Aprendia o máximo que dava, tanto na parte técnica e artística quanto na parte do dia a dia de trabalho. Cada dia era uma nova descoberta. O tempo foi passando e o encanto das coisas diminuiu um pouco. A gente fica com o olhar mais aguçado, com gosto mais refinado, com a mente mais experimentada. Com isso pensava que já sabia o suficiente (suficiente em relação a que?) e que pouco aprendia com as novas…

Ler Mais

Durante essa série de textos, mudei o tema de cada um diversas vezes pra tentar adaptar à realidade do momento alguma informação útil pra aqueles que poderiam aproveitar isso de alguma maneira. Com esse texto não foi diferente. Escrevi pensando na crise que nosso país atualmente passa. Como geralmente temos o péssimo e terrível hábito de medir o sucesso profissional pela conta bancária, vamos tocar na ferida então. Ser um bom2 profissional não é garantia de emprego e o contrário também não é realidade. Não serei irresponsável aqui de simplificar um problema social/econômico na infeliz afirmação “quem é bom está…

Ler Mais

Quantas coisas dentro do seu ramo de atividade você ainda não conhece? Ou quantas vezes ao olhar pra títulos de cargos e funções você fica se perguntando “mas que diabos é isso”? Já se empolgou com o título de alguma candidatura pra freela ou emprego e ao ler a descrição se sentiu extremamente inseguro? Ou então, quantas vezes leu e não fez a menor ideia do que se tratava? Você pensa que lê uma coisa e na verdade é outra diferente. E em alguns casos você nem pensa nada porque não dá pra entender mesmo. Tem que decifrar a função.…

Ler Mais

Se você chegou a ler o texto sobre saúde, já deve saber que essa profissão pode acabar com você. Ao contrário do que muitos pensam que você pode estar ficando rico e logo vai sair por aí com seu Audi (tem que ser branco), na verdade você pode estar passando por um perrengue sério por ter exagerado na dose de trabalho. Mas ué… exagerar na dose de trabalho? Designer não é aquela pessoa toda descolada, modernosa, com tatuagens abstratas e de camisa de lenhador que trabalha quando quer e a cada trabalho ganha uma quantia “dinheruda” pra torrar tudo naqueles…

Ler Mais

Ao contrário do que você provavelmente pensou, não vou começar com nenhuma dica de curso, ferramenta ou decisão de vida. Ao longo dos 10 anos de trabalho dentro da área de design percebi (mas creio que qualquer pessoa mais inteligente que eu notaria isso antes) que a primeira coisa que deve vir em sua mente, independente de sua área de atuação ou idade é: SAÚDE. Não, não é “papo de velho” não. Bom, talvez. Meus queridos, se vocês não prezarem pela sua saúde, nenhum dinheiro, médico, remédio ou tratamento vai cuidar ou trazê-la de volta. Deixe-me explicar em detalhes sobre…

Ler Mais